terça-feira, 20 de dezembro de 2011

A força Curativa das imagens das Madonnas

Juntamente com o Dr. Félix Peipers, Steiner criou uma sequência de 15 imagens, a maioria de Rafael, formando um caminho em pentagrama (estrela de 5 pontas). 
Ao serem contempladas dentro dessa Geometria actuam sob o organismo tendo um efeito fortalecedor do corpo anímico. Ao serem desenhadas cria-se uma relação ainda mais profunda com esse movimento transformador. Aqui ficam alguns dos esboços das 3 primeiras imagens do pentagrama que comecei a trabalhar... Em breve o desenho da estrela completa num trabalho meditativo para esta altura do Ano, em que a Luz está mais próxima do coração dos Homens. O véu mais fino... Entre 25 de Dezembro e o dia de Reis, a ligação entre o Céu e a Terra é mais fácil que durante o resto do ano, por isso aproveitem bem! :) ( ver também este link: http://www.antroposofy.com.br/wordpress/as-forcas-terapeuticas-dos-quadros-das-madonnas/#)


Feliz Natal para todos, no Amor da Mãe, do Filho e do Grande Espírito.
Om Namha Shivaya


Madonna Sixtina, Rafael 1500/1513

Madonna Sixtina de Rafael 1500/1513
carvão sobre papel, Alexandra Carvalho©

Madonna di Casa de Alba de Rafael 1500/1513
Sanguínea sobre papel, Alexandra Carvalho©

A bela jardineira de Rafael 1500/1513
Sanguínea sobre papel, Alexandra Carvalho©



domingo, 27 de novembro de 2011

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Começando a fazer experiências de Mandalas a partir dos conhecimentos das aulas de Geometria Sagrada... Abrindo novas portas  :)...


"Mother Father" - 2011
Alexandra Carvalho©



"I am the Father, I have no father, I am the Mother, I have no mother,     
I am the Family, I have no family
Everything belongs to me; I belong to no race, I have no Creed nor Colour- 
I am beyond simile,
I have no birth, I have no death and I am beyond emotions and delusion
By nature I am blissful and ever free; I am the Supreme Brahman"
Avadhuta Gita-Chap-IV,Can-21

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Sessões de Grupo no Tinkuy - Arte Terapia

Queridos amigos e amigas,

Venham experimentar a alquímia do encontro com as cores numa partilha 
profunda de grupo.
Cores e formas misturam-se, respiram, dançam, revelando a essência magnífica 
que brilha dentro de cada um de nós. 
A imaginação transforma, cria conexões nunca sonhadas e possibilita a manifestação 
de realidades cada vez mais conscientes.

(Para mais informações consulte a área Arte Terapia deste blog).


Técnicas: Pintura, Desenho, Modelagem de barro, Expressão Corporal e Meditação de Cura
Objectivo: Auto-Cura através do seu potencial artístico
Investimento: 35€ (material incluído)
Local: Centro Tinkuy - Sintra  WWW.CENTROTINKUY.BLOGSPOT.COM
Estrada do Rodízio nº 2, Almoçageme - Colares
Almoço (opcional): Bio-vegetariano completo 10€. Por reserva.
Inscrições: muchland@gmail.com ou 91 466 1456

Não é necessário saber desenhar ou pintar nem ter qualquer tipo de habilitação artística.
As minhas habilitações como Arte Terapeuta não permitem o acompanhamento de casos clínicos.

No final do Evento estão convidados a ficar e saborear uma deliciosa refeição Bio-Vegetariana do Tinkuy. Prolongamos assim um pouco mais nosso encontro, será uma alegria continuar a partilhar convosco! 

Vagas limitadas.
Até já. :)

Aprendendo a retratar a Amma

Desenhar é a arte de aprender a ver através do fazer. E quanto mais se desenha mais se aprende, não só da arte mas da vida, que vai mostrando suas lições através do processo de desenhar, o ponto onde estamos, a pressa com que vamos, ou onde parámos... O que temos de trabalhar mais... a estrutura? o detalhe? a ousadia? a liberdade?...

Aqui apresento os desenhos de uma foto que ando a estudar da Ammaji onde se pode entender um caminho de aprendizado, segundo meu professor: "muito rápido, em saltos quânticos!" :D...  Depois de tudo que aprendi com estes desenhos vou voltar a repetir, dando mais tempo à estrutura inicial para que as coisas tomem seu devido lugar e desde aí possam fluir bem melhor... Note-se que a última imagem é o mesmo desenho que a 3ª imagem, mas com correções de proporção no photoshop... a boca devia ser maior, mais junto ao nariz, os olhos ligeiramente mais fechados e um pouco menores... enfim... pequenos promenores, milímetros, escolhas, que mudam TUDO!... E a Luz... a Pura Alegria que a Amma inrradia... não consegui captar... talvez mais meditativa, dando mais tempo ao desenho... indo mais fundo... vou tentar de novo :)...



Amma, 10.09.2011- Grafite sobre papel
Alexandra Carvalho©

Amma, work in progress- Grafite sobre papel
Alexandra Carvalho©



Amma, 21.10.2011- Grafite sobre papel
Alexandra Carvalho©


Amma, 21.10.2011- Grafite sobre papel e photoshop
Alexandra Carvalho©

segunda-feira, 24 de outubro de 2011


Este sábio texto vinha no pack de umas bolachas de milho mexicanas, segundo Maya, minha professora de Arte Terapia. Ela copio-o e partilhou na última aula conosco. Repasso para inspiração. :)

La Base de las Crisis

“No pretendamos que las cosas cambien, si siempre hacemos lo mismo. La crisis, es la mejor bendición que puede sucederle a personas y países, porque la crisis trae progresos. La creatividad nace de la angustia como el día nace de la noche oscura. Es en la crisis que nace la inventiva, los descubrimientos y las grandes estrategias. Quien supera la crisis se supera a sí mismo sin quedar superado.

Quien atribuye a la crisis sus fracasos y penurias, violenta su propio talento y respeta más a los problemas que a las soluciones.

La verdadera crisis, es la crisis de la incompetencia.

El inconveniente de las personas y los países es la pereza para encontrar las salidas y soluciones. Sin crisis no hay desafíos, sin desafíos la vida es una rutina, una lenta agonía. Sin crisis no hay méritos.

Es en la crisis donde aflora lo mejor de cada uno, porque sin crisis todo viento es caricia. Hablar de crisis es promoverla, y callar en la crisis es exaltar el conformismo. En vez de esto, trabajemos duro. Acabemos de una vez con la única crisis amenazadora, que es la tragedia de no querer luchar por superarla.”

Albert Einstein.
1879-1955.

Filipenses 4:13
Todo lo puedo en Cristo que me fortalece.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

"Pedras Parideiras" - Raku nas Oficinas do Convento, 2003

Encontrei estas fotos de um workshop que fiz de Raku há uns anos atrás no Alentejo. 
Foram dias maravilhosos passados a modelar e a criar. O tema a desenvolver era sobre a própria terra de Montemor-o-Novo. Junto do rio onde passeámos havia umas estranhas pedras brancas enormes que pariam pedras negras de suas rachas, sendo por isso conhecidas como "Pedras Parideiras". Inspirada nelas criei esta série de pedras tipo ovos Kinder surpresa donde saem monumentos e atrativos da região para montar. Foi muito divertido fazer este trabalho. 
Foi quando descobri uma grande conexão com o barro, um prazer enorme de massajar a terra, transbordando de mim amor e paz. Apaixonei-me por esta técnica de vidrar que é o Raku. Depois do barro ser cozido normalmente volta a entrar num forno artesanal (barril metálico forrado com manta refratária) para cozer a uns 800 graus com os pós de vidrar.
Ao sair deste segundo forno, se for colocado em "sauna" dentro de um barril mais pequeno em cima de um monte de serradura por uns momentos, escurece por combustão ficando assim negro e belo. 
Infelizmente acabei por ficar sem as peças pois nunca as fui buscar depois da exposição colectiva que fizemos em Lisboa posteriormente...
Mas aqui ficam algumas fotos :)

Cromeleque, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Cromeleque, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Anta, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Anta, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Anta, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Azenha, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Azenha, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Igreja, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Igreja, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Rio, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Rio, 2003
Técnica de Raku -Alexandra Carvalho©


Pedra Japonesa, 2003
Porcelana -Alexandra Carvalho©


Vista interior o forno de Raku, 2003 


Oficinas do Convento 2003

Oficinas do Convento 2003



segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Desenhando... uma semente

"Semente" - Alexandra Carvalho©

Umas 2hs para este desenho... :-) Ver, voltar a ver melhor, marcar, apagar, marcar de novo, voltar a apagar, ir construindo aos poucos... Perceber a luz, a sombra, a cor, a essência do que estamos retratando, amar, desesperar, voltar a amar. Comunicar e manifestar a energia que desce do coração à mão, ao lápis, à folha... Sentir a coragem de ir mais além dos limites conhecidos e arriscar estragar tudo...só para descobrir que a arte é um caos que se organiza a si mesmo pela perseverança da continuidade e do ritmo. 
Como a vida :)...

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Queridos amigos e amigas,

Venham experimentar a alquímia do encontro com as cores numa partilha 
profunda de grupo.
Cores e formas misturam-se, respiram, dançam, revelando a essência magnífica 
que brilha dentro de cada um de nós. 
A imaginação transforma, cria conexões nunca sonhadas e possibilita a manifestação 
de realidades cada vez mais conscientes.

(Para mais informações consulte a área Arte Terapia deste blog).


Técnicas: Pintura, Desenho, Modelagem de barro, Expressão Corporal e Meditação de Cura
Objectivo: Auto-Cura através do seu potencial artístico
Investimento: 35€ (material incluído)
Local: Centro Tinkuy - Sintra  WWW.CENTROTINKUY.BLOGSPOT.COM
Estrada do Rodízio nº 2, Almoçageme - Colares
Almoço (opcional): Bio-vegetariano completo 10€. Por reserva.
Inscrições: muchland@gmail.com ou 91 466 1456

Não é necessário saber desenhar ou pintar nem ter qualquer tipo de habilitação artística.
As minhas habilitações como Arte Terapeuta não permitem o acompanhamento de casos clínicos.

No final do Evento estão convidados a ficar e saborear uma deliciosa refeição Bio-Vegetariana do Tinkuy. Prolongamos assim um pouco mais nosso encontro, será uma alegria continuar a partilhar convosco! 

Vagas limitadas.
Até já. :)

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Exercício de modelar a mão - Arte Terapia

Alexandra Carvalho©

Como a cabeça biográfica, também modelámos a nossa mão. Este exercício foi feito mesmo antes de modelarmos a cabeça. E foi para mim uma experiência maravilhosa. 
As minhas mãos de carne e osso acariciando a minha mão de barro que ia nascendo como um espelho de afetos, sob os dons e cuidados do meu toque, do contato, do encontro. 
As mãos criam, dão e recebem, entrelaçam-se. São um prolongamento do coração que se expande pelos braços que abraçam e pelas mãos que precipitam o amor em doação (pelos chacras das suas palmas). Apaixonei-me pela minha própria mão :) 
Dei-me a mão e caminhei comigo num diálogo silencioso, amoroso e revelador. Aprendi neste exercício o valor de saber dar a mão a mim mesma e caminhar integra, apaziguada pelo meu próprio calor e toque curador. Já não era a minha mão mas a mão da Presença do EU SOU. 
A mão de Deus que vive em mim e traz a Paz sempre que a escolho... 
A experiência de grupo permitiu expormos as nossas peças no final do exercício para contemplação. 
Pudemos descobrir e reconhecer características e dons de cada um, só de olhar para a sua "mão": Uma mão que não para quieta e gosta de dedilhar na guitarra, uma mão que entra na terra e conhece bem a Natureza das coisas, uma mão delicada e feminina por trás de uma personalidade forte...

O que vibra nesta mão? Como ela é? Como atua? Como sente? Como se expressa?...



Aprendendo a retratar

Ovo, 22.09.2011
Grafite sobre papel-Alexandra Carvalho©

Mama Puma, 23.09.2011
Grafite sobre papel-Alexandra Carvalho©

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Ativação das Mandalas

Ativações - Alexandra Carvalho©

Ativações - Alexandra Carvalho©

As mandalas depois de pintadas e saídas da impressora passam por um processo de ativação. O papel ao ser furado abre pontos de circulação energética como os meridianos do nosso corpo. Assim a sua vibração/ação fica potencializada ao máximo.
Aprendi como o fazer usando uma agulha normal, mas senti-me inspirada a faze-lo com várias... agulhas de acupunctura!
Em meditação os traçados são furados de maneira específica (há que conhecer os procedimentos para o fazer), uso também mantras neste processo, para focar a mente e não a deixar divagar.
E revelam-se novas layers no tema de cada traçado, orações vibrando padrões musicais no Universo...em sintonia com elas podemos quem sabe, inspirar algo novo, transformar e fluir mais suavemente... 
Em Gratidão por ser guiada a realizar este trabalho e com muito amor poder partilhá-lo com vocês. :) Om Namah Shivaya

(Para conhecer a coleção de mandalas visite a área loja deste blog).


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

domingo, 4 de setembro de 2011

Arte Terapia - Sessão de Grupo - 24 de Set.

Queridos amigos e amigas,

Venham experimentar a alquímia do encontro com as cores numa partilha 
profunda de grupo.
Cores e formas misturam-se, respiram, dançam, revelando a essência magnífica 
que brilha dentro de cada um de nós. 
A imaginação transforma, cria conexões nunca sonhadas e possibilita a manifestação 
de realidades cada vez mais conscientes.

(Para mais informações consulte a área Arte Terapia deste blog).


Técnicas: Pintura, Desenho, Modelagem de barro, Expressão Corporal e Meditação de Cura
Objectivo: Auto-Cura através do seu potencial artístico
Investimento: 35€ (material incluído)
Local: Centro Tinkuy - Sintra  WWW.CENTROTINKUY.BLOGSPOT.COM
Estrada do Rodízio nº 2, Almoçageme - Colares
Almoço (opcional): Bio-vegetariano completo 10€. Por reserva.
Inscrições: muchland@gmail.com ou 91 466 1456

Não é necessário saber desenhar ou pintar nem ter qualquer tipo de habilitação artística.
As minhas habilitações como Arte Terapeuta não permitem o acompanhamento de casos clínicos.

No final do Evento estão convidados a ficar e saborear uma deliciosa refeição Bio-Vegetariana do Tinkuy. Prolongamos assim um pouco mais nosso encontro, será uma alegria continuar a partilhar convosco! 

Façam já a vossa inscrição! Vagas limitadas.
Até já. :)


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Cabeça biográfica

Vim há uns dias da Residencial do Curso de Arte Terapia da Harpa. Foram 5 dias de trabalho intenso na ASTA, lugar mágico que sempre nos acolhe com tanto amor.
Este foi o resultado final do meu trabalho biográfico. Modelámos a metamorfose de nossas cabeças desde o feto até sermos bem velhinhos... Aqui devo ter uns quê? 90 anos suponho...
Para mim foi um processo até ao osso, com direito a lágrimas e limpeza de memórias perdidas no tempo das primeiras fases (infância e adolescência)... Senti que quanto mais velha ia ficando, mais serena e equânime ia me tornando.
É impressionante como a energia do nosso corpo etérico fica impressa naquilo que fazemos. Muito bonito ver todos os "bebés", "adolescentes", "adultos" e "velhotes" se transformarem a cada etapa. Reuniamos as "cabeças" lá fora e contemplávamos o que nos revelavam, cada uma, a cada septénio. Tantas coisas se podem lêr na paisagem de um rosto. Foi forte sentir como a vida ia mudando a expressão de cada amigo ali presente. Marcadas no barro ficaram as linhas de muitas histórias... Deixo-vos aqui um pouco da minha...





"Cabeça Biográfica" - Alexandra Carvalho, 2011 ©